MPEG-H na Amazônia

Grupo Rede Amazônica coopera com a Fraunhofer para lançar MPEG-H Áudio em seu canal de transmissão Amazon Sat

O Grupo Rede Amazônica é a primeira emissora da América Latina a oferecer serviço MPEG-H Audio 24 horas por dia / 7 dias por semana, em um de seus canais de transmissão terrestre.

No Brasil, uma grande atualização tecnológica da infraestrutura de TV digital está em andamento. Parte dela é o projeto TV 2.5 liderado pelo Fórum do Sistema Brasileiro de TV Digital Terrestre (SBTVD), que foi finalizado em agosto de 2019 e inclui tecnologias de mídia de ponta, como áudio imersivo, personalizado e vídeo HDR.

O MPEG-H Audio foi incluído no padrão TV 2.5 particularmente devido às suas capacidades de fornecer som imersivo e, ainda mais importante, por suas opções avançadas de personalização e acessibilidade, que nenhum outro sistema de áudio pode oferecer atualmente. O sistema permite que o público interaja com o conteúdo e adapte a experiência de áudio às suas preferências pessoais. A opção de personalizar o equilíbrio do diálogo e dos sons de fundo, escolher entre diferentes idiomas e posicionar a audiodescrição em diferentes locais da sala, cria uma experiência altamente individualizada para todos e, ao mesmo tempo, garante um grau incomparável de acessibilidade para pessoas com deficiência visual ou auditiva.

Liderando o caminho para a TV 2.5

"O Grupo Rede Amazônica é o maior grupo de comunicação do norte do Brasil e impulsionador da inovação e adoção tecnológica. O Amazon Sat é o primeiro canal de transmissão brasileiro a implementar o MPEG-H Audio em serviços regulares de transmissão 24 horas por dia, 7 dias por semana, trazendo oportunidades inéditas, como áudio imersivo e interatividade, para a TV aberta", explica Eduardo Lopes, diretor de Engenharia do Grupo Rede Amazônica.

"Foi uma grande experiência trabalhar com a equipe do Fraunhofer para implantar o MPEG-H em nossa cadeia de produção e transmissão", diz Luciano Jeyson, Supervisor Técnico do Grupo Rede Amazônica. "Estamos entusiasmados em fazer parte desse momento histórico. Capacitados pelo MPEG-H, nossos telespectadores no Amazon Sat agora podem personalizar sua experiência de áudio para atender suas preferências e desfrutar de seus programas diários de uma maneira completamente nova", continua.

Criando conteúdo para o novo programa

Uma grande vantagem da MPEG-H Audio é que seus recursos de personalização beneficiam produções imersivas, bem como produções 5.1 e estéreo. Na verdade, uma única produção de MPEG-H pode cobrir todas essas configurações. Produtores e editores de som já estão criando conteúdo novo e editando conteúdos existentes com o MPEG-H Audio. Isso funciona particularmente bem, pois eles podem usar suas ferramentas e fluxos de trabalho existentes com apenas algumas pequenas modificações para produzir estéreo, 5.1 e conteúdo imersivo com uma extensa gama de opções de personalização. Uma série de ferramentas de produção práticas e intuitivas para o MPEG-H Audio pode ser integrada às ferramentas existentes e fluxos de trabalho estabelecidos sem alterar muito as rotinas.

“Ficamos muito felizes em apoiar nossos parceiros do Grupo Rede Amazônica em seu caminho para se tornarem a primeira emissora no Brasil a oferecer uma experiência de áudio personalizada ao seu público", disse Stefan Meltzer, Diretor de Desenvolvimento de Negócios do Fraunhofer IIS. “Junto com nossos parceiros de tecnologia na ATEME e Showcase Pro, alcançamos um grande marco na transmissão brasileira. Fazer parte de uma equipe tão dedicada é um grande prazer e estou ansioso para todos os projetos conjuntos que já planejamos. ”