Instituto Fraunhofer IVV assina acordo de parceria com AGROPOLO Campinas-Brasil

jan 30, 2017

Foto: Fraunhofer IVV
© 2016 Fraunhofer-Gesellschaft Foto: Fraunhofer IVV

O Instituto Fraunhofer para Processos e Embalagens IVV e AGROPOLO Campinas-Brasil assinaram, no final do ano passado, um memorando de entendimento, a fim de promover, desenvolver e facilitar a cooperação entre participantes do Brasil e Alemanha em áreas de interesse em comum para ciência, tecnologia e inovação, em especial, P&D para o desenvolvimento sustentável.

 

O Agropolo é uma plataforma interinstitucional, baseada no conceito da inovação colaborativa, cujo objetivo é desenvolver projetos de cooperação técnica nas áreas de agricultura, alimentação, biodiversidade, bioenergia, química verde e desenvolvimento sustentável. Participam da instituição a Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, por meio do Instituto Agronômico (IAC), bem como o Instituto de Tecnologia de Alimentos (ITAL) e Instituto Biológico (IB), Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação, Prefeitura de Campinas, Unicamp, Techno Park Campinas – Associtech e Associação Agropolis International.

Dentre as ações estratégicas do polo está a realização de ciclos de seminários para internalização e mobilização, inclusive para definição e detalhamento de projetos pilotos e fomento ao debate nas áreas de pesquisa do polo.

Em dezembro do ano passado o AGROPOLO promoveu o seminário "Ações estratégicas em Bioeconomia na Alemanha: oportunidades para o Brasil". O seminário foi ministrado pelo Dr. Raffael Osen, pesquisador responsável em tecnologia de alimentos, mas também contou com a participação do Dr. hábil. Peter Eisner, chefe do departamento de alimentos e matérias-primas biogênicas do Instituto Fraunhofer IVV e do engenheiro Alexandre Martins Moreira, gerente de desenvolvimento de negócios e gestão de projetos do Centro de Projetos Fraunhofer para Inovação em Alimentos e Recursos Renováveis no ITAL.

O objetivo do evento foi apresentar a experiência da Alemanha na área de Bioeconomia e fomentar discussões sobre as diversas ações estratégias que podem ser realizadas em conjunto com instituições de ciência tecnologia e o setor produtivo do Brasil.

O Fraunhofer IVV já atua em Campinas, por meio do Centro de Projetos Fraunhofer para Inovação em Alimentos e Recursos Renováveis no ITAL, uma parceria entre o Instituto Fraunhofer IVV e o Instituto Tecnológico de Alimentos ITAL, que juntos realizam pesquisas para atender à indústria e promover o aumento na competitividade em todas as etapas de produção de alimentos e embalagens, buscando inovações em tecnologias de processo e no desenvolvimento de novos produtos, de forma a agregar valor ao longo da cadeia produtiva.