EnergInno Brasil 2022

EnergInno Brasil: Rede de Inovação Brasil-Alemanha em Hidrogênio Verde e Biogás

Tanto o Brasil quanto a Alemanha estão enfrentando desafios climáticos e socioeconômicos que aumentam constantemente a demanda por soluções científicas e inovações tecnológicas no campo da energia sustentável, como Hidrogênio Verde e Biogás. EnergInno Brasil, é uma iniciativa liderada pela Fraunhofer-Gesellschaft como parte de um projeto do BMBF "Pesquisa na Alemanha", com o objetivo de promover a rede internacional de mentes brilhantes na Alemanha e no Brasil, bem como inovações nas áreas de energia renovável mencionadas acima.

A iniciativa começou com uma chamada para ideias e inovação, dirigida aos interessados da pesquisa e da ciência, bem como pequenas e médias empresas (PMEs) e startups na Alemanha, para se candidatarem com seus projetos conjuntos nas áreas de hidrogênio verde e biogás. Os vencedores deste concurso foram anunciados em fevereiro. Nesse mesmo mês, os inovadores brasileiros - cientistas, pesquisadores, empresários, representantes da indústria, etc. - inscreveram suas ideias nas mesmas áreas de pesquisa, em uma chamada nacional no Brasil para o EnergInno Brasil. Os vencedores foram anunciados em abril e convidados para uma visita de uma semana na Alemanha com foco em Pesquisa e Desenvolvimento em Novembro e muito mais!

Networking em São Paulo: Research2Industry Days

Nos dias 10 e 11 de maio e 2022, a EnergInno Brasil sediou o Research2Industry Days em São Paulo. O fórum de intercâmbio para os vencedores da chamada “Ideias & Inovação” trouxe informações sobre fontes inovadoras de energia sustentável e abastecimento, além de oportunidade de networking profissional para os brasileiros interessados em pesquisa, indústria, economia e política. O evento teve a presença de quase 350 participantes e foi aberto pelo Dr. Johann Feckl, Diretor de Assuntos Internacionais e Programas Internos da Fraunhofer-Gesellschaft. Ele e o Cônsul Geral da Alemanha, Thomas Schmitt, deram as boas-vindas aos presentes e também aos participantes que assistiram o evento de forma online. Rachel Martins Henriques, Escritório de Pesquisa Energética do Ministério de Minas e Energia do Brasil, e Thomas Timm, Diretor Geral da AHK São Paulo, destacaram em seus discursos a importância da cooperação Brasil-Alemanha, especialmente no campo da pesquisa e desenvolvimento climático e sustentável.

Os dois dias de eventos tiveram líderes de renomadas instituições como a Empresa de Pesquisa Energética, a EMBRAPII, o SENAI e GTAI (Germany Trade & Invest), os quais participaram de apresentações e painéis de discussão. Empresas como Thyssenkrupp, Siemens Energy, SENAI, SIMATEC e AES também estavam presentes. O principal consenso obtido no evento foi que as mudanças atuais no setor de energia deveriam ser utilizadas para criar e intensificar estruturas e investimentos para fontes de energia sustentáveis.

As gravações das apresentações estão disponíveis em:

https://www.research-in-germany.org/energinno/program/research2industry-days.html